. Será que palhaço chora? – Doutores da Alegria

Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Será que palhaço chora?

6 de dezembro de 2021
Tempo de leitura: 2 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 0
Compartilhar 0

Está no ar o último episódio da primeira temporada do podcast “Palhaço: o que é?, idealizado pela Escola Doutores da Alegria. O tema do episódio é: “O palhaço chora?”.

A pergunta parece um paradoxo: afinal, o palhaço não está sempre feliz? Você já viu algum palhaço triste? Os palhaços da associação Doutores da Alegria trabalham nos hospitais públicos e lidam com encontros e despedidas, o riso e o choro, momentos de leveza e de dor. Como o palhaço se comporta diante da morte de uma criança hospitalizada?

Neste terceiro episódio, os artistas contam histórias que atravessam o tema da conversa e discutem o conceito de alegria na linguagem do palhaço.

Participam do bate-papo a artista formadora da Escola Doutores da Alegria, Thaïs Ferrara, e Tereza Gontijo, Val Pires e Anderson Machado, artistas que atuam como palhaços em hospitais.

Thaïs Ferrara lembrou do choro circense, quando o palhaço espirra água na plateia e da condição humana que o palhaço exacerba. “Quando o artista escolhe portar essa máscara, ele está trazendo a fragilidade humana e aí o palhaço pode trabalhar neste espectro que vai da profunda tristeza à alegria”, comentou.

Tereza Gontijo, mais conhecida como Dra. Guadalupe nas enfermarias pediátricas, lembrou de uma história que aconteceu no Hospital Universitário, em São Paulo, na companhia de Layla Ruiz, Dra. Pororoca. As duas visitaram uma criança de dois ou três que estava dormindo no leito da UTI. “Estava tudo calmo, não estava acontecendo nada, mas a fragilidade dela acessou a minha fragilidade”, comenta a palhaça, que diz que Tereza e Guadalupe choram um pouco juntas.

Val Pires, Dr. Valdisney, explicou que o palhaço é treinado para tentar transformar as situações difíceis que acontecem nos hospitais. E, quando o atendimento acaba, conversando com o seu parceiro de trabalho, ou quando os artistas participam dos encontros nos Doutores da Alegria, é o momento da “higienização emocional”. Um espaço para que possam conversar sobre as experiências dos hospitais e não fiquem sobrecarregados com tantas histórias.

Dr. Cavaco já ouviu a piada incontáveis vezes: “Chora, Cavaco!”. Anderson Machado, que dá vida ao besteirologistas, diz que há vários tipos de choro no repertório do palhaço, como o choro que vem com uma situação inesperada, ridícula. O artista explica que, quando está trabalhando, se sente protegido pela máscara, mas que muitas vezes o choro chega um tempo depois. “O choro que eu mais gosto é o choro de alegria, o choro quando a gente está de palhaço, fazendo um cortejo pelo hospital, e está todo mundo cantando, dançando, a equipe hospitalar, os pacientes com porta-soro, aí vem aquele choro que é misturado aos sorrisos”, conta.

Você pode ouvir o podcast “O palhaço: o que é?” nas principais plataformas de streaming de áudio: Spotify, Deezer, Google Podcasts e Apple Podcasts.

Esta primeira temporada tem três episódios. Aproveita e já escuta os dois primeiros: “Qual a relevância do palhaço nos dias de hoje? e “Como surge a voz do palhaço?”.​

A realização do podcast O palhaço: o que é? é do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Doutores da Alegria.

 



Categorias


Lá do arquivo

Deixe um comentário

avatar
  Receber notificação  
Notificação de
Existe 0 Comentário.