Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Leve Doutores Para
a Sua Empresa

Leve Doutores Para
a Sua Empresa

A s intervenções dos Doutores da Alegria são realizadas por artistas profissionais. Os palhaços se conectam com o que está mais saudável nas empresas e promovem verdadeiras transformações.

O conceito de relações saudáveis ultrapassou a fronteira dos hospitais. Oferecemos diferentes tipos de intervenções com palhaços, de acordo com as necessidades da sua empresa.

Desde 1996, os recursos provenientes destas ações são revertidos para o fortalecimento de nossa atuação nas áreas de saúde, cultura e assistência social.

Palestras

As palestras apresentam, em caráter interativo, um resumo da filosofia e dos valores do trabalho do Doutores da Alegria. Conduzidas por besteirologistas, são formatadas de maneira a aliar informação e entretenimento com base no humor e na apresentação descontraída.

Temos quatro formatos básicos de palestras que podem ser adaptadas a empresas, congressos, hospitais e eventos especiais. Entre em contato para mais informações.

Uma experiência de alegria em meio à adversidade


Conduzida por Wellington Nogueira – fundador dos Doutores da Alegria – ou Angelo Brandini, a palestra mostra o poder humanizador das relações a partir da presença inusitada do palhaço em meio à adversidade. Também traz a importância da alegria como estado gerador da criatividade e da transformação de obstáculos em recursos.

1

Profissão palhaço


A Besteirologia é profissão do futuro. A palestra conta, em caráter interativo, o que é ser palhaço e, afinal, o que temos por trás do nariz vermelho. O que mobiliza essa figura nos ambientes? Qual a sua função no circo e como ela ultrapassou fronteiras entrando em lugares inesperados, como o hospital?

2

Palhestra


O encontro busca compartilhar um pouco do universo do palhaço, além de trazer à tona as várias frentes de atuação dos Doutores da Alegria que incluem, além do trabalho-mãe nos hospitais, pesquisas, publicações, palestras, espetáculos e cursos. Também percorre campos como a urgência e a temporalidade do palhaço, trazendo para a plateia o seu olhar lúdico e transformador, e termina com o auditório se transformando em um grande ambulatório.

3

Boas Misturas


A palestra fala da força dos encontros e apresenta a proposta de saúde dos Doutores da Alegria por meio da trajetória de uma palhaça que encontra o hospital – Thaïs Ferrara – e uma psicóloga hospitalar que encontra o palhaço – Morgana Masetti.

4

Quero levar doutores para minha empresa

Que legal! Ficaremos felizes em visitá-lo. Informe seus dados abaixo para entrarmos em contato.

Riso 9000

Riso 9000
Riso 9000

Para certificar a saúde do clima organizacional, é imprescindível um exame das veias cômicas dos funcionários por nossos besteirologistas. Em algumas horas, palhaços percorrem o escritório fazendo uma varredura besteirológica por baias, salas de reunião, cafés e corredores, oxigenando o ambiente e lembrando sempre que bobagem pouca é desgraça!

A alegria nas relações – com o trabalho, os colegas e até com as adversidades– mantém a criatividade e a energia em alta e transforma o ambiente com a quebra positiva da rotina.

Mestre sem cerimônias

Mestre sem cerimônias

Wellington Nogueira – fundador dos Doutores da Alegria – ou Angelo Brandini são responsáveis por conduzir a solenidade e o andamento do evento, a partir de um briefing previamente fornecido.

Oficinas

Boas Misturas


Boas Misturas

Um encontro entre profissionais de saúde e palhaços para a troca de experiências sobre seus ofícios. Estimula a interação por meio do olhar, da escuta, da comunicação. Os encontros propõem exercícios muito simples, extraídos do ofício de palhaço e de nossa memória de infância: antigas brincadeiras que resgatam nosso olhar sobre nós mesmos e sobre o outro, possibilitando a construção de um espaço comum e criativo.

Pais & Filhos


Um encontro de jogos e brincadeiras para crianças e seus pais. É a oportunidade dos adultos se relacionarem com as crianças através do que estas sabem fazer de melhor: brincar.

A oficina alia informação e entretenimento com base no humor e na descontração.

Pais & Filhos

Palhestra com oficina

Palhestra com oficina

O encontro busca compartilhar um pouco do universo do palhaço, além de trazer à tona as várias frentes de atuação dos Doutores da Alegria. Depois da palhestra há uma oficina cujo objetivo é compartilhar, em uma breve vivência de três horas, elementos importantes para o palhaço. São ministrados jogos de integração e sensibilização para a importância do olhar e da escuta com foco na qualidade das relações.

Espetáculos

Espetáculos

Os espetáculos se valem da linguagem do palhaço para debater temas que nos rondam todos os dias nos hospitais. São montagens premiadas e reconhecidas pelo público há muitos anos.

Entre eles: Roda BesteirológicaPalhaços em ConSerto e Senhor DodóiConheça todos os espetáculos aqui. As apresentações em empresas são adaptadas aos espaços disponíveis.

Soluções sob medida

Adaptamos nossas criações artísticas às necessidades de cada empresa – seja uma intervenção de palhaços, uma palestra, um espetáculo ou uma oficina. Entre em contato para um briefing mais detalhado.

Quem já levou doutores para sua empresa

Natura bem estar bem Danone Banco do Brasil Embraer Vale
Petrobras Nestle GloboSat Abril Cyrela Brazil Realty
Gerdau Companhia Athletica Cultura Inglesa Amana Key White Martins
Walmart Dow Mahle o_boticario Cremer

Cases de sucesso

O comprimido


O comprimido

Integrar funcionários a partir de uma história real – essa era a intenção da farmacêutica Libbs, que reuniu seus funcionários e chamou Doutores da Alegria para fazer uma intervenção. A ideia era resolver um mal entendido que surgiu na cadeia de produção de um comprimido e afetou toda a equipe. O palhaço Pistolinha se transformou no tão falado comprimido e Juca Pinduca e Pinheiro pediram a ajuda da plateia para que juntos pudessem resolver o mal entendido e receber o certificado RISO 9000. O resultado foi alegria e integração!

O monge e o Palhaço


Como convencer jovens prestando vestibular para Medicina de que é possível ter rendimento sem pressão? Angelo Brandini, palhaço, e José Roberto Bueno, mestre de Aikidô, se juntaram para falar de inspiração, motivação e confiança no Colégio Bandeirantes, em São Paulo.

O encontro já acontece há cinco anos e mostra a importância de quebrar paradigmas aos quais muitas vezes nos sentimos presos.

O monge e o Palhaço

Bicho de Sete Cabeças


Se falar sobre o outro pode ser um bicho de sete cabeças, imagine ouvir o que o outro tem a dizer sobre você! Preocupada com seus funcionários, a Vale chamou Doutores da Alegria para ajudá-la a difundir o exercício do feedback na empresa. A partir de uma boa conversa com a organização, criamos um monstro com sete cabeças que representavam sete problemas que impedem as pessoas de darem e de receberem feedbacks no trabalho. Toda vez que um problema era resolvido, uma das cabeças era cortada. Ao final do encontro, uma sensação de alívio!

O Balão


A Associação das Indústrias do Polo Petroquímico do Grande ABC (Apolo) iniciava uma campanha sobre acidentes envolvendo balões na região e queriam uma forma diferente de se aproximar dos jovens.

Angelo Brandini criou um espetáculo divertido para estudantes sobre o perigo de soltar balões em áreas residenciais. A peça contou a história do julgamento de um balão, o personagem principal, pela ótica do palhaço.

Durante a sentença, o balão apresentava seus argumentos a favor da prática, que eram sempre rebatidos pelo juizado. O encontro culminou com uma conversa com o cabo Marcelo Fonseca, da Polícia Ambiental, que falou sobre o lançamento de balões, as consequências dos incêndios e a legislação vigente. A apresentação aconteceu no Teatro Municipal de Santo André e marcou o lançamento da segunda fase da campanha “Balão Não. A Vida em suas Mãos”, com apoio da Polícia Ambiental.

O Balão

Conta Causos


Conta Causos

Delicadeza nas relações e pequenos gestos que fazem toda a diferença. Quando esse pedido chegou pra gente, pensamos logo na atividade nos hospitais. A FEMSA convidou as esposas de seus funcionários para um evento e precisava falar sobre o tema de uma maneira diferente. O Conta Causos foi a nossa sugestão: contamos sete casos emocionantes de hospital que envolviam o tema em formato de pequenas cenas. A plateia escolhia a história que gostaria de ouvir primeiro. Ao final todas foram presenteadas com as lindas tulipalhaços.