Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Doutores recomenda: Território do Brincar

21 de maio de 2015
Tempo de leitura: 1 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 0
Compartilhar 0
Você sabe como brincam as crianças em aldeias indígenas? E a criançada à beira da praia, no Ceará? Em grandes metrópoles, como se dá a brincadeira?

O documentário Território do Brincar traz algumas respostas sobre o universo lúdico infantil de todo o Brasil. A estreia acontece no Dia Mundial do Brincar, 28 de maio, em São Paulo e no Rio de Janeiro e no dia 4 de junho em Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Florianópolis, Belo Horizonte, Salvador, João Pessoa e Santos.

Entre abril de 2012 e dezembro de 2013, os documentaristas Renata Meirelles e David Reeks, acompanhados de seus filhos, visitaram comunidades rurais, indígenas, quilombolas, grandes metrópoles, sertão e litoral, revelando o país através dos olhos de nossas crianças. Nos encontros surgiram intensas trocas e diálogos, por meio de gestos, expressões e saberes que foram cuidadosamente registrados em filmes, fotos, textos e áudios.

O longa-metragem faz parte do Projeto Território do Brincar, uma parceria com o Instituto Alana. Além do filme, a iniciativa conta com exposição itinerante, duas séries infantis para a TV e um livro em produção.

territorio do brincar

Fazendo um paralelo, Doutores da Alegria tem o brincar como seu território de ação. As brincadeiras propostas pelos palhaços estabelecem um mundo de ficção essencial para a efetividade do trabalho. E tudo começa com os adultos e crianças acreditando que estão recebendo a visita de um profissional do hospital: o besteirologista.

Adriana Friedmann, que coordena o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo, Infância e Desenvolvimento, acredita que brincar é essencial na vida de qualquer criança desde que nasce. “No ato de brincar, a criança está absolutamente mergulhada em um espaço sagrado, conectada profundamente com o presente de forma orgânica, corpo, sensações, emoções e todos seus sentidos participam destes processos. Brincar é a possibilidade de viver a fantasia, a imaginação, imitar o mundo adulto, o mundo animal e a natureza. Brincando as crianças são desafiadas a se superarem, a descobrirem. Brincar é a forma de as crianças fazerem poesia e nos contarem quem são, o que sentem, o que vivem, seus medos, suas preferências, seus potenciais e suas limitações.”, conta ela em entrevista à Agência Brasil.

Saiba mais sobre o projeto acessando www.territoriodobrincar.com.br.



Categorias


Lá do arquivo

Deixe um comentário

avatar
  Receber notificação  
Notificação de
Existe 0 Comentário.