Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Histórias de mães VII

10 de maio de 2015
Tempo de leitura: 3 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 1
Compartilhar 0

Dezenas de mães compartilharam conosco histórias vividas com seus filhos e filhas nos hospitais Brasil afora. Histórias reais, tocantes, sensíveis, inspiradoras. A vida como ela é. Agradecemos pela coragem!  

+ veja aqui as primeiras histórias

Suéllen Hort Gripa e Arthur – Santa Catarina

Foram no total 129 dias de hospital, sendo 100 dias de UTI no Hospital Santa Catarina de Blumenau.

Primeiro o quadro de toda prematuridade. Arthur nasceu em 7 de outubro de 2012, de 31 semanas, pesando 1.775 kg, com 42 cm e parada cardiorrespiratória. Foi ali que começou sua luta pela vida, sua vontade de vencer e viver nesse mundo louco… Logo foi entubado, teve pneumonia, bactéria no sangue, infecções generalizada… Entuba, extuba, cipap, hallo, aff… Cirurgia no estômago devido a uma perfuração com a sonda…

Foram tantas bolsas de sangue, tantas bombas de seringa, tantos exames de sangue, tantos sustos, tantas sessões de fisioterapias respiratórias, precisou fazer a traqueostomia… Mas Arthur lutou, ou melhor, lutamos nós pais, família, amigos e anjos que Deus nos deu de presente (técnicas, enfermeiras, médicos)… O merecedor, sem dúvida, é nosso pequeno anjo, nosso guerreiro Arthur, que nos ensinou a viver um dia após o outro, nos ensinou a ter paciência, nos ensinou a acreditar em Deus e, em especial, nele. Deu uma verdadeira lição de vida.

Suéllen Hort Gripa  (2)

Depois desses 100 dias veio a alta da UTI. Vamos para o quarto? E agora? Foram noites acordados, inseguros, mas sempre, sempre acreditando nele… E novamente uns sustos, apneias, retirada da traqueo, aspirou leite, coloca sonda, tira sonda, ganha e perde peso, fisio respiratória, motora… E assim foram mais 29 dias.

Muita fé, muita luta para chegar nessa data tão especial: nossa alta hospitalar. Sim, no dia 11 de fevereiro de 2013 fomos para casa! Era para ter vindo com sonda gástrica, traqueostomia, mas ele superou e surpreendeu muitas pessoas! Em exames rotineiros após a alta pra casa, descobrimos que além de toda a limitação física e motora, Arthur teve perda auditiva, severa e bilateral… Mais uma batalha a ser enfrentada.

Muito tempo já passou, e nem acredito que esse ano ele completa três anos de luta contínua e sem data pra terminar. Aprendi a viver um dia de cada vez, aprendi a dar valor a cada conquista, por mínima que for, aprendi tanta coisa… Sim, nós temos um filho ESPECIAL, em TODOS os sentidos, e fazemos de TUDO pra tentar dar uma vida mais próxima à normalidade para ele.

Não temos folga. De segunda a sexta, ele faz fisioterapia respiratória e motora, todas as terças e quintas uma hora de estimulação visual e fisioterapia em casa, todas as quartas e sextas vamos para APAE receber mais estimulações, tem fonoterapia, hidroterapia, terapia ocupacional e a parte pedagógica. E nos outros períodos normalmente faz acompanhamento médico, com oftalmo, neuro, gastro, otorrino, geneticista…

Acho que esse é um resumo da nossa vida, do nosso tesouro, do nosso guerreiro! Posso dizer que ele me transformou em todos os sentidos, e não sei o que seria de mim sem ele… Ah, se ele soubesse o quanto me ensina!

Karina Garcia e Gustavo Francisco – São Paulo

Quando Gustavo tinha quatro meses, descobrimos que nasceu com craniossinostose e tinha que passar por cirurgia, pois podia haver o esmagamento do cérebro, ocasionando vários problemas, até mesmo a morte.

Com 10 meses, ele passou por cirurgia no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Foi uma cirurgia muito delicada e com grande risco de vida. Graças a Deus e às mãos abençoadas dos médicos, foi um sucesso e um milagre! Nosso filho é um guerreiro e somos abençoados por esse milagre!

Karina Garcia

A cada Dia das Mães ver o Gustavo saudável, muito esperto e sapeca é o presente mais precioso que poderia ter no mundo! Te amo muito filho muito! Obrigada por essa homenagem tão linda e pelo trabalho maravilhoso e abençoado que vocês fazem. Trazer alegria mesmo na hora do desespero… Deus os abençoe sempre.

Monica Rodrigues e Giovana

Em 2007 a minha filha Giovana ganhou uma nova oportunidade de vida. Fez um transplante de coração. Estamos muito felizes, e vocês, Doutores da Alegria, estiveram conosco. Obrigada.

Monica Rodrigues (2)

Feliz Dia das Mães! <3

+ Você sabia?

Doutores da Alegria atua em hospitais públicos há 23 anos e precisa de doações para manter seu trabalho junto a crianças hospitalizadas, seus familiares e profissionais de saúde. Faça parte desta causa, doe aqui: www.doutoresdaalegria.org.br/colabore.



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

Dia das Mães, histórias, ser mãe, superação

1
Deixe um comentário

avatar
0 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
0 Autores de comentários
Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Ivone m campos andreota
Visitante
Ivone m campos andreota
Visitante

Parabens dr. das alegrias vcs e muito especial para deus estou muito feliz de ver Gustavo ótimo vcs estão de para parabéns dr. Alegria médicos enfermeiro faxineira portaria que deus abençoe sua mao beijo

Existe 1 Comentário.