Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Programação de férias para crianças na Escola dos Doutores da Alegria

1 de junho de 2015
Tempo de leitura: 3 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 1
Compartilhar 0

pais e filhos[atualização em 20/07: inscrições encerradas]

A Escola dos Doutores da Alegria, localizada em São Paulo, oferece neste ano uma programação de férias para crianças e adolescentes em sua sede. As oficinas acontecem em julho e têm duração de uma semana, sendo diferenciadas por faixa etária, de 6 a 16 anos.

O palhaço e a criança geram um encontro sempre inusitado, a lógica do palhaço e da criança são livres, despojadas de crítica. Para o palhaço, criança é rei, pura inspiração! O palhaço feito bobo tenta imitá-la. Mas como, se a natureza da criança é feita de curiosidade, inteireza, espontaneidade? Como manter um olhar sempre novo para as coisas do mundo? O que ensinar para a criança, se ela é o sábio da história?

Todas as oficinas têm capacidade para até 20 crianças e serão oferecidos lanches em todos os dias. A receita obtida com os cursos da Escola dos Doutores da Alegria é destinada à manutenção dos projetos da organização, entre eles o programa de visitas. Conheça os cursos:

Onde mora a cotia? – crianças de 6 a 8 anos

Acontece de 14 a 18 de julho (terça a sábado), das 9h às 12h30. No sábado, os pais são convidados a brincar junto.

Uma oficina onde as crianças vêm pra fazer o que sabem muito bem: brincar! Exercitaremos alguns jogos que usamos no jogo do palhaço pra falar da delícia de estar junto, de inventar histórias, brincar de ser outros, propor e ouvir ideias, conhecer pessoas, fazer amigos e, de quebra aprender coisas de circo, como malabares, acrobacias, mágica e cantar em grupo. Dois formadores ministram a oficina para espelhar a parceria, o apoio e o contraponto.

Propomos uma convivência fora do colégio, fora de casa, para brincar dentro da perspectiva da nossa escola, onde o conteúdo será construído em conjunto com as crianças, a partir de jogos tradicionais, de uma base de mágica, de circo e de música.

O nome do curso tem uma interrogação, e não é à toa, já que a escola trabalha mais com as perguntas do que com as respostas.

Onde mora a brincadeira? – crianças de 9 a 12 anos

Acontece de 21 a 25 de julho (terça a sábado), das 9h às 12h30. No sábado, os pais são convidados a brincar junto.

Uma oficina onde as crianças vêm pra fazer o que sabem muito bem: brincar! Exercitaremos alguns jogos que usamos no jogo do palhaço pra falar da delícia de estar junto, de inventar histórias, brincar de ser outros, propor e ouvir ideias, conhecer pessoas, fazer amigos e, de quebra aprender coisas de circo, como malabares, acrobacias, mágica e cantar em grupo. Dois formadores ministram a oficina para espelhar a parceria, o apoio e o contraponto.

Propomos uma convivência fora do colégio, fora de casa, para brincar dentro da perspectiva da nossa escola, onde o conteúdo será construído em conjunto com as crianças, a partir de jogos tradicionais, de uma base de mágica, de circo e de música.

O nome do curso tem uma interrogação, e não é à toa, já que a escola trabalha mais com as perguntas do que com as respostas.

 Brincar de ser outros – adolescentes de 13 a 16 anos

Acontece de 21 a 25 de julho (terça a sábado), das 14h às 17h30.

A oficina pretende, através de jogos e brincadeiras tradicionais e inventadas, propiciar um espaço de criação de personagens em contextos diversos, ampliando a percepção, a capacidade de observação e de escuta e a disponibilidade para o outro.

É um espaço para experimentar o que há comum entre nós, através do lúdico e do jogo, a partir dos recursos artísticos que o palhaço dos Doutores da Alegria utiliza em seu trabalho. No hospital, pacientes e palhaços tem um elo primata, vivem um momento que desafia a lógica daquele lugar – onde tudo pode acontecer – porque o lugar pode não ser aquele e o tempo pode não ser aquele. Quantas vezes a enfermaria virou um jardim vermelho? Ou o quintal da casa? E o palhaço brinca, apresentando-se como médico e colocando-se disponível para jogar, enquanto a criança/o adolescente completa a história.

Na sala de aula tudo muda, os papéis são mais estabelecidos e não somos ninguém além de nós mesmos. O desafio é encontrar essa natureza provocadora, esse encontro com o imaginário; portanto, o exercício é brincar de ser outros com os outros. Dois formadores ministram a oficina para espelhar a parceria, o apoio e o contraponto.

Veja mais informações e faça sua inscrição clicando em cada um dos cursos acima. Se tiver dúvidas, ligue para (11) 3061-5523 ou envie um e-mail para cursos@doutoresdaalegria.org.br.



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

1
Deixe um comentário

avatar
0 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
0 Autores de comentários
Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
trackback
Atividades nas férias para fazer com as crianças
Visitante

[…] Teatro do Piá (Curitiba) Localizado na antiga sede da Fundação Cultural de Curitiba, no Palacete Wolf (Praça Garibaldi), o espaço começou a abrir aos domingos de manhã para entreter o público infantil que passeava pela Feira de Artesanato. Ao longo dos anos, o lugar tornou-se referência do teatro de bonecos em Curitiba. As apresentações, gratuitas, acontecem todos os domingos às 11h. Fonte: Fundação Cultural de Curitiba Doutores da Alegria (São Paulo) Neste mês de julho, a ONG Doutores da Alegria realiza cursos de férias para crianças e adolescentes, com duração de cinco dias. As atividades incluem jogos cênicos, brincadeiras,… Leia mais »

Existe 1 Comentário.