Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Histórias de mães IV

9 de maio de 2015
Tempo de leitura: 2 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 0
Compartilhar 0

Dezenas de mães compartilharam conosco histórias vividas com seus filhos e filhas nos hospitais Brasil afora. Histórias reais, tocantes, sensíveis, inspiradoras. A vida como ela é. Agradecemos pela coragem!  

+ veja aqui as primeiras histórias

Ivana Paiva e Gabriel – Fortaleza

Ivana PaivaEra 12 de outubro de 1995, estava no comércio quando me chamaram urgente para ver meu pequeno Gabriel, de apenas oito meses. Ele estava com muita febre e vomitando. Corri com ele ao hospital da cidade, aguardei por horas a consulta. Foi diagnosticado com pneumonia e nos mandaram para casa. À noite, como era carequinha, observei sua fonte bem alta (“fontanela abaulada”, depois aprendi). Na manhã seguinte fui às pressas para capital, onde havia marcado uma consulta com seu pediatra. Ele disse que com quase toda a certeza Gabriel poderia estar com meningite. Tudo escureceu, me faltou o chão.

Fomos encaminhados a um hospital e fizemos a punção. Chorei muito, pois o médico ficou com o exame nas mãos, aguardando o pagamento, para que desse o diagnóstico. Foi algo humilhante. Pagamos e descobrimos a meningite. Cai ao chão e o entreguei nas mãos de Deus verdadeiramente. Fomos encaminhados para outro hospital, onde teríamos o tratamento adequado à doença: Hospital São José. Quando fizemos os exames, a médica nos perguntou se acreditávamos em Deus, pois o caso dele se tratava de um milagre. Sofri, chorei, mas para nossa alegria nosso pequeno saiu de lá curado, doze dias depois, e sem nenhuma sequela.

Sei que fomos abençoados, pois no dia seguinte outro bebê vindo do interior chegara com o mesmo diagnóstico, mas como teria demorado muito para vir, e com diagnóstico inicial errado, não resistiu. Hoje meu filho tem 20 anos, é universitário e um homem temente a Deus!

Soraya Pereira e seu Herói – Belo Horizonte

MEU HERÓISoraya A C Pereira.Deus me presenteou com um filho especial que viveu 2 anos e 7 meses praticamente morando na Santa Casa de Belo Horizonte. Foram muitas internações entre CTI e no quarto do hospital. Foram muitos sofrimentos convividos com ele e Deus. Nesta vivência conheci muitos pais e filhos na mesma história. Ainda sinto muito a falta dele, mas por mais que amemos nossos filhos, não podemos deixá-los conosco em imenso sofrimento. E foi sofrimento inexplicável,  até que conversei muito com Deus e os profissionais da Medicina e então falei pro meu filho que ele poderia ir descansar e que eu ficaria bem. Não aguentava mais ver o meu filho sofrendo.

E tenho sonhado com o meu filho. Ele me mostrou o lugar em que está agora – uma casa toda amarelinha e um jardim todo florido. E de suas mãozinhas saíam fluxos dourados de virtudes. Ele estava lindo, andando, falando e saudável. Eu sei que ele está sempre comigo e eu o sinto. Eu o chamo de meu Herói e meu Campeão. Agradeço sempre a Deus por ter sido a mãe de um anjo da luz. Aprendi muito com ele… Sempre o amarei. Peço a Deus que o ampare e o proteja sempre.

Agradeço pela oportunidade de poder compartilhar com vocês, seus trabalhos são abençoados, vocês nos fortalecem em momentos de sofrimento.

Mary Medrado – Rio de Janeiro

Traumatismo craniano causado por um atropelamento, corridas pela madrugada com quadro febril, mordida de cachorro… Perdi as contas, mas passou! Tivemos atendimentos de primeira linha nos hospitais Miguel Couto, Souza Aguiar e Andaraí. Mary Medrado

E os meus agradecimentos a toda equipe do Hospital Lourenço Jorge, que com o mesmo carinho e dedicação englobam o atendimento de primeira linha recebido pela minha filha. Deus abençoe a todos!

Feliz Dia das Mães! <3

+ Você sabia?

Doutores da Alegria atua em hospitais públicos há 23 anos e precisa de doações para manter seu trabalho junto a crianças hospitalizadas, seus familiares e profissionais de saúde. Faça parte desta causa, doe aqui: www.doutoresdaalegria.org.br/colabore.



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

Dia das Mães, histórias, ser mãe, superação

Deixe um comentário

avatar
  Receber notificação  
Notificação de
Existe 0 Comentário.