Para melhor visualização do site, utilizar navegador Google Chrome.

Blog

Consequências de um elevador cheio

20 de maio de 2013
Tempo de leitura: 1 minutos

Doutores da Alegria

Comentario 3
Compartilhar 0

Dia desses pegamos o elevador para chegar até a Pediatria do Instituto da Criança. Nada fora da rotina.

O elevador estava cheio, também como de costume. E tinha de tudo um pouco: médico, palhaço, enfermeira, ascensorista, criança, acompanhante, funcionário de limpeza…

Cada um apertou o seu botão para chegar ao lugar indicado e esperaram. Alguns em silêncio, outros conversando, outros rindo, outros cantando. Até que, de repente, em uma fração de segundos, antes que a porta do elevador abrisse, um cheiro silencioso e deselegante subiu às nossas narinas. Alguns não se manifestaram, outros taparam seus narizes com suas roupas, outros deram risada, outros reclamaram…

Foi uma experiência quase extra sensorial, que durou dez segundos entre um andar e outro! 

Foi tão “forte” para nós que repercutiu em nosso trabalho e acabou virando um “ultrassom sambístico” que caiu no nariz do povo, ops!, quer dizer, na boca e no ouvido do povo! Acompanhe a letra: 

♫ ♪ Não solte pum…

Não solte pum no elevador, não solte não

Pois o ar que eu respiro

Não pode ter poluição

Não solte pum no elevador, não solte não

Tenha santa consciência e segure este botão ♫ ♪              

Uma observação: até hoje não descobrimos quem foi…

Dr. De Derson (Anderson Spada)
Dr. Sandoval (Sandro Fontes)
Instituto da Criança – São Paulo
Abril de 2013 



Categorias


Lá do arquivo

Doutores da Alegria


Postado em:

Tags

elevador, música, pum, ultrassom

3
Deixe um comentário

avatar
0 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
0 Autores de comentários
Autores recentes de comentários
  Receber notificação  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Notificação de
Jéssica
Visitante
Jéssica
Visitante

Vcs são ótimos! trabalho no hospital santa marcelina, unid itaquera e sei o qto o trabalho de vcs é importantissimo! Obrigada!!

Priscila
Visitante
Priscila
Visitante

olá Dr.Alegria
adoro a trabalho que vc’s fazem em hospitais com as crianças.
trabalho em um hospital e sei como uma criança fica quando esta fazendo um tratamento, mais não só acriança mais com os familiares tbm se sente. vc’s conseguer trazem um pouco de alegria pra elas no momento em q ela esta passando um tratamento e sofrimento doloroso.
continue com esse trabalho trazendo alegria pra elas
abç

Lindalva
Visitante
Lindalva
Visitante

Olá pessoal, não trabalho em hospital, nem tenho paciente, apenas conheço esse trabalho de vocês,e elogiar e orar por vcs é o que posso fazer. Parabenizo a todos por esse trabalho e Deus recompensará por cada esforço por essa causa, lembre – se Deus é com vcs neste negócio!

Existem 3 Comentários.